quarta-feira, 7 de outubro de 2009

SE EU PUDESSE



















SE EU PUDESSE         

Viveria num outro mundo..., se pudesse...
Onde o homem não sujasse...
Onde cada um o outro respeitasse...
Onde o verde às florestas voltasse...
Devolveria ao nosso planeta o seu azul...,
Se pudesse....
Onde o rio livremente corresse...
Onde o peixe de novo nascesse...
Onde a arvorezinha feliz brotasse...
Onde o fogo jamais queimasse...
Gostaria que a guerra acabasse...
Que o ser humano a paz encontrasse...
Que tudo isto não fosse uma miragem...
Que de realidade se tratasse...
Que o homem ganhasse coragem...
Que finalmente de atitude mudasse...
Sozinha..., pouco posso...
Mas..., se eu pudesse...





Emília Pinto

15 comentários:

Miragem disse...

Meus Amigos...
Este blog é delicioso...
Faço com carinho cada uma montagem pois vocês merecem muito mais que uma montagem por cada poesia...
Merecem meu respeito e AMIZADE...
Ainda meio ausente...
Mas amo cada um que esta aqui comigo
BJKS...
Chrys
;)

Miragem disse...

Emília...
Esse seu poema é simplesmente gostoso de se ler...
Ainda vem me dizer que não sabe escrever...
Então eu que não sei o que é poesia...
Suas linhas são escritas de forma sensível...
Isso é poesia sim minha AMIGA...
Agradeço pelo e-mail...
Bjks
Chrys
;)

Miragem disse...

Sandra não sei o que esta acontecendo..
Mas...
Vamos que vamos e VOCÊ SERA LIDA AQUI...
Como todos os meus amigos
Bjks
Chrys
;)

Blog do Vascão disse...

Parabéns Emilia, poema muito lindo.
Abraço.
Chrys seu blog é show, beijosss.
Jeferson

Luciene Medeiros disse...

Olá Chris!
Tem selinho pra vc lá no "Meu Cantinho".
Passa lá!
Bjks!!!

carol sakurá disse...

Olá!
Belo espaço poético!
Hum...me remeteu a Manoel bandeira"pASÁGARDA".
Abs!

Carol Sakurá
http://lepoeteenfleur.blogspot.com/

Layara disse...

Menina, tudo aqui nos faz sentir envolvida em ternura e é mesmo tudo feito com muito carinho.
Bom, encontrar pessoas que brilham essa luz de paz.

Beijo do meu Horizonte, hj com cara de chuva, e eu amo chuva.

Muita Luz!

Carlos Albuquerque disse...

Gostei deste poema da Emília.
Não só pela forma como manifesta o desejo por todos nós comungado, mas também por tê-lo escrito no conjuntivo!
O seu blog, Chrys, está revelando talentos, não pare!
BJKS
;)

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Obrigada,Chrys. Com já disse no começar de novo, você pode consirear-se orgulhosa, pois fez com que uma amiga tomasse coragem e se iniciasse na poesia. Foi o meu primeiro poema. essa preza. Um beijino e até breve
Emília Ao Miragem se deve esse

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Desculpe o 1º comentário..; não está à altura de quem quer ser poeta. Valha-me Deus....; pode considerar-se... e ao Miragem se deve essa proeza. Assim é que é. Desculpe Bjos
Emília

comunicadoras disse...

Oi Crys
Estou babada pelo blog ter começado com um poema da minha amiga Emilia.Foi o seu primeiro poema, e está de parabéns, mostra bem o seu sentimento"se eu pudesse", se todos nós tivessemos essa coragem tudo estaria melhor...
Por isso amiga para si parabéns pela iniciativa e para a Emilia aquele abraço de Parabéns, mas também ela sabe, que estou a espera da tal "história", ,essa sim... sei que vai dar muito que falar, é só ela querer mostrar o seu talento,Até breve
Herminia

Maldita Futebol Clube disse...

essa linda miragem vascaína, é mais do que uma miragem de um oásis no deserto é uma blogueira lúcida, poética e pensante. que transmite lirismo em seus post! parabéns. me deliciei vindo aqui!Depois, se der me diga lá no MFC, sua opinião sobre segredos e lendas do Rock and Roll, ok? abraços, leandro

Andreia disse...

Emília que belo poema!
Teu blog é um encanto.
Doce beijo para ti...

Sandra disse...

Ola Amiga!
Espero que logo o meu texo, também esteja aqui. Eu lhe enviei via comentário, já que não deu por email.

Lindo texto da Emilia.
Com muito carinho
Sandra

Everson Russo disse...

Ei menina, ta sumida, tudo bem contigo? espero que sim, otimo feriado e otima semana pra ti...beijos